Voltar, voltar e voltar. Sempre!

Atualizado: Fev 10

Quantas vezes você se propôs a criar um novo hábito, mas falhou? Eu, inúmeras. Meditar, por exemplo, é algo sobre o que venho me debruçando há quase dois anos. E, até hoje, falho inúmeras vezes. Neste momento, por exemplo, estou há mais de um mês sem me sentar em meditação.

Não nego que me sinto culpada por falhar. Acho que com a experiência que tenho, as leituras que já fiz sobre o assunto e a Prática Integral, deveria estar em um estágio mais avançado, conseguindo ficar pelo menos meia hora meditando diariamente. Mas preciso aceitar que ainda há uma caminhada a ser feita.

Normalmente, o que me faz deixar de cumprir com algo a que me propus são acontecimentos não planejados: uma visita, um telefonema, um temporal, um feriado, um e-mail mal educado que recebi e que me deixou com raiva. Vejam que não estou falando de acontecimentos grandiosos, como a morte de uma pessoa querida ou a descoberta de uma doença ou gravidez, coisas que certamente nos fazem sair do rumo por um tempo. Estou falando de coisas corriqueiras, aquelas que fazem parte da rotina mesmo sem estar nos planos. São situações com as quais precisamos aprender a lidar e, de preferência, a não tirar a nossa vida do prumo por causa delas.

É um exercício de vida entender isso e, principalmente, colocar em prática. É o que costumo chamar de “meditação na vida”. Quando começamos a meditar, uma das primeiras coisas que aprendemos é a observar os pensamentos, não julgá-los e deixá-los ir embora, voltando a atenção para a respiração. É um exercício difícil, que exige energia e abertura de quem faz para aceitar que é assim, que o pensamento vem, que a gente tem que deixá-lo ir e recomeçar.

Na vida acontece algo muito parecido. O tempo todo precisamos nos observar, entender porque fizemos (ou deixamos de fazer) determinada coisa e seguir em frente. Se estivermos construindo um novo hábito, como caminhar diariamente, por exemplo, certamente haverá falhas no processo, como aquele dia com preguiça, um compromisso de trabalho, uma visita em casa, um exame agendado. E aí, quando olhamos para esse novo hábito que ainda está em criação, achamos que não vai funcionar, que não é pra gente porque falhamos inúmeras vezes.

E é aqui que entra o que eu chamo de meditação na vida.
Novos hábitos...

Observar e voltar para seguir em frente. Se aquilo de fato for importante para você, volte quantas vezes for necessário, até o dia em que não será qualquer coisa que te fará parar. Nesse momento você vai pedir licença pra sua vista e dizer que precisa de uma hora para caminhar, vai agendar o exame em outro horário, espantar a preguiça calçando o par de tênis mesmo de olho fechado. Ainda assim, você vai falhar, porque os pensamentos estão sempre aí, indo e vindo. É quando a gente aprende a ter disciplina com generosidade, que é entender quando é possível e necessário abrir mão daquela rotina, ser flexível sem se perder, sem achar que a falha de um dia ou de uma semana vai levar todo o seu processo de construção por água abaixo. É ser generoso com você, parar, olhar e voltar, sempre, sempre, sempre.

Aprenda a olhar para o mundo e para si mesmo de uma forma mais generosa com a Prática Integral.

#meditação #habitos #praticaintegral #experiencia












Maísa Infante, jornalista e produtora de conteúdo, editora do site Verde SP e praticante da Prática Integral.

crédito imagens: LENISSE PHOTOGRAFY | ADÉLIA DIAS FOTOGRAFIA

  • mindfulness-lis-educação-respiração
  • lis-meditação-foco-respiração-educa

Juliana C. R. Santos - ME  | Rua São Gil, Tatuapé - São Paulo - SP |  juromantini@gmail.com | Tel. 11 94603.0308 | CNPJ  23.669.802/0001-94

Programas ONLINE de treinamento do CORPO E DA MENTE.

TERMOS E CONDIÇÕES, ENTREGA E POLÍTICA DE REEMBOLSO E COMPRA

Política de compra e uso:

Ao adquirir um curso online em www.julianaromantini.com.br, você receberá um email imediatamente após a confirmação de pagamento com os dados de acesso como usuário e senha para cadastro em sua página de membros, bem como todas as formas de contato através de whatsapp e email.

Todos os cursos são pessoais e intransferíveis e podem ser acessados em um prazo de 1 ano a partir da compra.

Seus dados estão seguros com a gente :) 

 

Entrega:

Após a confirmação do pagamento, você receberá imediatamente um email de juromantini@gmail.com com todos os dados de acesso ao serviço contratado.

Caso tenha dúvidas, entre em contato pelo whatsapp 11 94603-0308 ou ainda pelo juromantini@gmail.com

Reembolso:

Caso você precise cancelar alguma compra, acesse sua conta e peça o reembolso em até 7 dias após sua compra.